Pular para o conteúdo principal

nua, a verdade foi vista hoje de manhã.



arrumar a vida
pôr prateleiras
na ação e na vontade.

















descri de todos os deuses diante de uma secretária por arrumar,
fitei de frente todos os destinos pela distração de ouvir apregoando-se,
e o meu cansaço é um barco velho que apodrece na praia deserta
e com essa imagem de qualquer outro poema fecho a secretária e o poema.

Como um deus não arrumei nem a verdade, nem a vida.



Pessoa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

de criança e chuva