Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2009

Regaço

Antoni Tàpies







Descrição (gilberto mendonça teles)

Se o cotidiano
perturba e o desespera, ele o cava mais e realça na esperança das
formas inumeráveis do invisível numa folha caindo, num inseto
inquestionável na sua linguagem ou no silêncio que se curva na cabeça
da mesa-essas coisas escondidas e sem brilho no caminho dos homens.


...

Dividido e individado(deve aos deuses de todas as instâncias e sistemas), só se deixa ver e reunir no fundo do tempo, na penumbra de uma meia-sombra, no jeito selvagem do caipora e na forma empinada de um saci com pé ne terra, a cabeça no regaço das nuvens, as mãos tateando os seios
rosados da aurora e o coração,
o coração batendo doidamente de pernas por aí.

incêndio no céu

o mesmo sol que ontem foi embora
voltou mais vermelho hoje de manhã.

tempos modernos...

"prenez soin de vous” (cuide-se)
Essa foi a frase que Sophie Calle recebeu por email como término de namoro, sem saber como agir, uma amiga lhe deu um conselho de transformar isso em arte, e aconteceu.
Pessoas como a mãe da artista, atrizes, compositoras ...mais de cem pessoas fizeram a leitura desse "texto" que foi gravado em vídeo.



Sophie mandou esse texto com fim de ser analisado para uma taróloga, uma juíza especialista em direitos femininos, entre outros...esse material todo ajuda a dar mais vida a instalação.


Sophie: “é mais fácil realizar um projeto quando sofremos do que quando estamos felizes. Não sei o que prefiro: se é estar feliz com um homem ou fazer uma boa exposição”. Seus trabalhos são acompanhados da escrita, seja no título, na legenda ou em narrativas, e são parte integrante da obra. Como disse a crítica francesa Cécile Camart, “a dimensão narrativa de suas instalações, misturando fotografia, textos e objetos, encontra sua filiação histórica na primeira me…