Pular para o conteúdo principal
video

"os primeiros caçadores e colhedores de frutas
um dia se olharam, atônitos, durante um
instante interminável, na água estagnada de um poema.Desde então,
os h0mens não deixaram de se olhar nessse espelho de imagens.E têm se olhado, simultaneamente, como criadores de imagens
e como imagens de suas criações.Por isso, posso dizer com um pouco de segurança
que enquanto haja homens, haverá poesia.Mas a relação pode se romper.
Nasceu de uma faculdade humana por excelência:a imaginação; pode quebrar se a imaginação morre ou se corrompe.Se o homem se esquecesse da poesia, se esqueceria de si próprio.Voltaria ao caos original."


A Outra Voz, Octávio Paz

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

de criança e chuva