Pular para o conteúdo principal


"os primeiros caçadores e colhedores de frutas
um dia se olharam, atônitos, durante um
instante interminável, na água estagnada de um poema.Desde então,
os h0mens não deixaram de se olhar nessse espelho de imagens.E têm se olhado, simultaneamente, como criadores de imagens
e como imagens de suas criações.Por isso, posso dizer com um pouco de segurança
que enquanto haja homens, haverá poesia.Mas a relação pode se romper.
Nasceu de uma faculdade humana por excelência:a imaginação; pode quebrar se a imaginação morre ou se corrompe.Se o homem se esquecesse da poesia, se esqueceria de si próprio.Voltaria ao caos original."


A Outra Voz, Octávio Paz

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

de criança e chuva

filha da terra

junho de 2017

alto da montanha, vento frio e fogo. estrelas no céu irmãs.
mulheres em círculo de enorme gratidão.
ervas,  rezos e cantos levantados à mãe terra.
Silêncio e olhos fechados para receber o presente da presença.
Uma mãe forte que acolhe conversa com as quatro direções e ensina como tocar a terra com respeito e amor.
tambor, faísca de fogo, água
plantas sagradas
em honra e união seguimos
mulheres.

cachoeira do Caldeirão, minas gerais
foto katty cuel


Peixe grande come peixe pequeno, Brueghel



após a orientação dos  remadores e dos pássaros