Pular para o conteúdo principal
sentem eles
o espanto do desejo
o retorno
essa coisa dura de um muro
que chega a noite
e arrebenta de manhã
E só,
o homem não percebe essas imagens rasgadas
É caso de chuva
é água virando palavra de lavar cabeça
ando atrás de uma vontade de tudo
que só nasce da sede de abrir os olhos

chamo de volta a espera em mim.

Comentários

  1. Sabe o que me fez lembrar?
    Uma frase do Baudelaire que vi de epígrafe
    num artigo de revista ('Inimigo Rumor'):
    "A palavra delata qual é a sua obsessão".

    Não é a primeira vez que vc usa 'dura'...

    "é água virando palavra de lavar cabeça"
    é um verso que me intrigou -
    aquilo que, de tão estranho, fascina.

    Tô achando que começas a tomar novo rumo...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

de criança e chuva

filha da terra

junho de 2017

alto da montanha, vento frio e fogo. estrelas no céu irmãs.
mulheres em círculo de enorme gratidão.
ervas,  rezos e cantos levantados à mãe terra.
Silêncio e olhos fechados para receber o presente da presença.
Uma mãe forte que acolhe conversa com as quatro direções e ensina como tocar a terra com respeito e amor.
tambor, faísca de fogo, água
plantas sagradas
em honra e união seguimos
mulheres.

cachoeira do Caldeirão, minas gerais
foto katty cuel


Peixe grande come peixe pequeno, Brueghel



após a orientação dos  remadores e dos pássaros