Pular para o conteúdo principal
moviam folhas
na hora das perguntas,

a solução do dia nos papéis
era se perder
vibrar até o fim de um rio
e de lá
para um céu que corre
ser grande esse instante

Comentários

  1. Si, adorei esse poema. Gosto de "na hora das perguntas", "era se perder/ vibrar até o fim de um rio". Para mim, que tô com a fonte sequinha sequinha, me empolga ler estes versos.

    Aquele abraço,
    Paulo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

...

foi aí por aí....

"o povo não se mexia mais, apavorado, com medo, medo de fechar as portas, com medo de ficar na rua, com medo de falar e de ficar calado, com medo de existir."

(guimarães rosa)