Pular para o conteúdo principal
moviam folhas
na hora das perguntas,

a solução do dia nos papéis
era se perder
vibrar até o fim de um rio
e de lá
para um céu que corre
ser grande esse instante

Comentários

  1. Si, adorei esse poema. Gosto de "na hora das perguntas", "era se perder/ vibrar até o fim de um rio". Para mim, que tô com a fonte sequinha sequinha, me empolga ler estes versos.

    Aquele abraço,
    Paulo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

de criança e chuva