Pular para o conteúdo principal
feitio doméstico
pensar primeiro a nuvem que passa
a mão aberta só aspira os cheios da terra
o hábito repete

alojar-se no esforço
cumprir hoje o sigilo do gesto possível

vagarosa dança de gente
no caminho espiando o tamanho do mundo
os que regem o vento
na concentração do seu dia
tem o riso
e um tom abaixo do silêncio

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

de criança e chuva